april 2020

O Registo Electrónico de Saúde e a Educação Médica: Potencialidades e Implicações

Speciality

Public health medicine

O crescente uso e investimento em Processos Clínicos Electrónicos pelas organizações de saúde não tem sido acompanhado de uma visão e missão pedagógica destes avultados investimentos. Este artigo revê a literatura à acerca do uso dos Processos Clínicos Electrónicos/Registo Electrónico de Saúde (PCE/RES) no ensino médico de estudantes de medicina e médicos internos. Foi usada literatura disponível acerca do impacto educacional dos PCE na educação médica e das aplicações educacionais dos PCE. O artigo(1) revisita a definição dePCE/RES, (2) aprecia as suas aplicações educacionais, (3) identifica o seu potencial impacto no ensino e (4) identifica os limites e implicações do uso do PCE na educação médica. Em conclusão a utilização do PCE como auxiliar no ensino em medicina é ainda rudimentar e pouco estruturada. Há uma crescente aceitação e prevalência destas tecnologias como ferramenta de ensino. É importante expandir o conceito de RES às suas vertentes pedagógicas e com isso estimular os criadores de software nesse sentido. (André V Monteiro, Henrique MG Martins)

Universidade da Beira Interior