Dispepsia

Curated byDavid Rodrigues

Functional dyspepsia

february 2021

1 Algorithm1 Article

Articles

Gastroenterology

ACG and CAG Clinical Guideline: Management of Dyspepsia

As principais recomendações são: 1. Sugerimos que pacientes com dispepsia com 60 anos ou mais façam uma endoscopia para descartar neoplasia gastrointestinal alta. Recomendação condicional, evidência de qualidade muito baixa. 2. Não sugerimos endoscopia para investigar características de alarme em pacientes com dispepsia com menos de 60 anos para excluir neoplasia digestiva alta. Recomendação condicional, evidência de qualidade moderada. 3. Recomendamos que os pacientes com dispepsia com menos de 60 anos façam um teste não invasivo para H. pylori e terapia para infecção por H. pylori, se positivo. Recomendação forte, evidência de alta qualidade. 4. Recomendamos que pacientes com dispepsia com menos de 60 anos de idade recebam terapia empírica com IBP se forem negativos para H. pylori ou se permanecerem sintomáticos após a terapia de erradicação do H. pylori. Recomendação forte, evidência de alta qualidade. 5. Nós sugerimos que pacientes com dispepsia com menos de 60 anos que não respondem ao PPI ou terapia de erradicação do H. pylori devem receber terapia procinética. Recomendação condicional evidência de qualidade muito baixa. 6. Nós sugerimos que pacientes com dispepsia com menos de 60 anos que não respondem ao PPI ou terapia de erradicação do H. pylori devem receber terapia com TCA. Evidência de baixa qualidade de recomendação condicional. 7. Recomendamos que pacientes com Dispepsia Funcional que são positivos para H. pylori devam ser prescritos terapia para tratar a infecção. Recomendação forte, evidência de alta qualidade. 8. Recomendamos que os pacientes com Dispepsia Funcional que são H. pylori negativos ou que permanecem sintomáticos, apesar da erradicação da infecção, sejam tratados com terapia com IBP. Recomendação forte, evidência de qualidade moderada. 9. Recomendamos que os pacientes com Dispepsia Funcional que não respondem ao PPI ou à terapia de erradicação do H. pylori (se apropriado) devam receber terapia com TCA. Recomendação condicional, evidência de qualidade moderada. 10. Sugerimos que os pacientes com Dispepsia Funcional que não respondem ao IBP, terapia de erradicação do H. pylori ou terapia com antidepressivo tricíclico devem receber terapia procinética. Recomendação condicional, evidência de qualidade muito baixa. 11. Sugerimos que os pacientes com DF que não respondem à terapia medicamentosa devem receber terapias psicológicas. Recomendação condicional, evidência de qualidade muito baixa. 12. Não recomendamos o uso rotineiro de medicamentos complementares e alternativos para Dispepsia Funcional. Recomendação condicional, evidência de qualidade muito baixa. 13. Não recomendamos estudos de motilidade de rotina para pacientes com Dispepsia Funcional. Recomendação condicional, evidência de qualidade muito baixa. 14. Sugerimos estudos de motilidade para pacientes selecionados com Dispepsia Funcional, onde gastroparesia é fortemente suspeitada. Recomendação condicional, evidência de qualidade muito baixa.

Moayyedi P., et aljune 2017