december 2020 • NICE

COVID-19 rapid guideline: managing the long-term effects of COVID-19 (NG188)

NICE

DOI:

Content curated by:David Rodrigues

Key message

Esta guideline viva visa abordar a identificação, avaliação e gestão dos efeitos de longo prazo do COVID-19 - 'long-COVID'. Faz recomendações sobre cuidados em todos os ambientes de saúde para adultos, crianças e jovens com sintomas novos ou em curso 4 semanas ou mais após o início de COVID-19 agudo. Também inclui conselhos sobre a organização de serviços para long-COVID. Para desenvolver as recomendações, usaram as seguintes definições clínicas para a doença aguda e long-COVID: - COVID-19 agudo: sinais e sintomas de COVID-19 por até 4 semanas. - COVID-19 sintomático contínuo: sinais e sintomas de COVID-19 de 4 a 12 semanas. - Síndrome pós-COVID-19: sinais e sintomas que se desenvolvem durante ou após uma infecção consistente com COVID-19, continuo por mais de 12 semanas e não é explicado por um diagnóstico alternativo. Guideline dirigida a - Profissionais de saúde e cuidados - Equipa de saúde e cuidados envolvidos no planeamento e prestação de serviços - Gestão

Analysis

Population

Pessoas com sinais e sintomas que se desenvolvem durante ou após uma infecção consistente com COVID-19, continuo por mais de 12 semanas e não é explicado por um diagnóstico alternativo.

Method

Guideline desenvolvida em conjunto pela NICE, a Scottish Intercollegiate Guidelines Network (SIGN) e o Royal College of General Practitioners (RCGP).

Results

No capítulo da identificação o foco está em pessoas com sinais e sintomas que se desenvolvem durante ou após uma infecção consistente com COVID-19, continuo por mais de 12 semanas e não é explicado por um diagnóstico alternativo. Os sintomas após COVID-19 agudo são altamente variáveis e abrangentes. Os sintomas mais frequentemente relatados incluem (mas não estão limitados a) os seguintes: Sintomas respiratórios - Falta de ar - Tosse Sintomas cardiovasculares - Aperto no peito - Dor no peito - Palpitações Sintomas generalizados - Fadiga - Febre - Dor Sintomas neurológicos - Comprometimento cognitivo (perda de concentração ou problemas de memória) - Dor de cabeça - Distúrbios de sono - Sintomas de neuropatia periférica (dor e parestesias) - Tontura - Delirium (em populações mais velhas) Sintomas gastrointestinais - Dor abdominal - Náusea - diarreia - Anorexia e apetite reduzido (em populações mais velhas) Sintomas musculoesqueléticos - Dor nas articulações - Dor muscular Sintomas psicológicos / psiquiátricos - Sintomas de depressão - Sintomas de ansiedade Sintomas de ouvido, nariz e garganta - zumbido - Dor de ouvido - Dor de garganta - tontura - Perda de sabor e / ou cheiro Dermatológico - Erupções cutâneas

Abstract

This guideline covers identifying, assessing and managing the long-term effects of COVID-19, often described as ‘long COVID’. It makes recommendations about care in all healthcare settings for adults, children and young people who have new or ongoing symptoms 4 weeks or more after the start of acute COVID-19. It also includes advice on organising services for long COVID. This guideline has been developed jointly by NICE, the Scottish Intercollegiate Guidelines Network (SIGN) and the Royal College of General Practitioners (RCGP). To develop the recommendations, we have used the following clinical definitions for the initial illness and long COVID at different times: Acute COVID-19: signs and symptoms of COVID-19 for up to 4 weeks. Ongoing symptomatic COVID-19: signs and symptoms of COVID-19 from 4 to 12 weeks. Post-COVID-19 syndrome: signs and symptoms that develop during or after an infection consistent with COVID-19, continue for more than 12 weeks and are not explained by an alternative diagnosis.